[ Vox populi vox Dei ]

2009-02-28

FRUSTRATÓRIO

Termina hoje este mês de Fevereiro de ano comum e há que expressar solidariedade com
os nascidos no passar da meia-noite, ao dia 29.

Imaginem estar em contagem decrescente na passagem de ano e, depois das doze badaladas, surgir um calendário em branco (sem o Ano Novo!). Devia ser algo abissal! É que, amanhã, o malandrim do calendário não deixa comemorar nada que tenha a vêr com menos do que o dia 1 de Março, a não ser, o 28 de Fevereiro! E, não há direito a arredondamentos! nem por excesso, nem por diferença! Convenhamos, é injusto! Algum "dono" destas coisas, dirá: mas quem mandou nascer? ai é? e quem mandou fazer calendários omissivos? é mais uma para reivindicar direitos à diferença?

Aniversariantes omitidos! já que celebram os anos na clandestinidade,inventem uma
fórmula de Elixir da Juventude, rotulado «29 de FEVEREIRO». Vós, não precisais, mas
outros acharão nisso uma forma de prolongar a vida sincopadamente de quatro em quatro anos ... não fazemos previsão é como isso irá contar para a reforma! Olhe! meta-se na Política e, verá como tudo irá correr a contento ...

2009-02-27

ANTIPORTUGUESISMO

Se o título parece tolo, "tolo" ficamos nós por sermos alvo de tanto apedrajamento
oriundo dos vários 'cantos' do Mundo! Já nesta nova era da América,
vem a terreiro o Governo dos EUA com reparos à Polícia e prisões portuguesas! Se ainda existisse a Rádio Moscovo, não diria, hoje, tal dislate!

Admiradores da América chamam-nos antiamericanistas-primários quando criticamos as americanices palermas daquele Povo que tudo atura naquele "Saloon Gigante", onde se joga a Paz do Mundo como partidas de Sueca - são muitas as jogatanas (todas perdidas), e a última está no Iraque - e ainda 'fervem' com uma partida de "Bisca" a dar cartas no Irão...! ou ao poker! Las Vegas à roleta russa, enfim...

Faz tempo, quando criticávamos as diatribes do Comunismo, vinha logo o rótulo de anticomunista-primário!

Era certinho, e direitinho! Por mim, reagia com a do "primário", pois as minhas críticas estavam já bem acima do Secundário e Universitário..., bem numa de MBA!!

Mais tarde, depois da "queda", então é que veio o comunismo aos trambolhões por aí..., com os defeitos todos à última hora, porque começou a ser "correcto" ser-se anti-comunista! Perdi a vontade de continuar a bater no Leão, pela simples questão de que já estava no chão. Hoje, de quando em vez, chego à conclusão de que 'se calhar' o «comunista» sou eu! Tal a maneira como viraram o disco ... na pauta do oportunismo! Foi, afinal, um bom fiel de balança que se perdeu! Olhem pró Mundo!

Esta de termos uma Polícia "abusadora" e prisões "inquisitoriais" é de se lhes tirar o chapéu! Nós que lamentamos a falta de autoridade das nossas polícias! nós que criticamos os reclusos terem tantas modormias nas suas celas (aquilo não é passar férias!), nós, eu, fico indignado quando vejo cenas de polícias americanos de arma em punho a pedir a carta aos automobilistas... e, não concordo com a Pena de Morte que eles (ainda) têm e nós não, custa-me interpretar a intenção de bota abaixo, pois os "camones" devem ter algo mal digerido!(...) Se calhar acham que vimos poucos filmes a matarem índios, ou poucos exterminadores implacáveis! Gabam-se das mortandades, mas eventual tabefe de polícia português será abominável atentado aos direitos humanos!

Ora, ora, ... seus antiportuguesistas!
(...) Yes, You Can !
(...) SHIT FOR YOU ...

TAXIDERMIA

Vamos verificar que o título em epígrafe, só com muita tolerância na Semântica ,poderá ser adoptado como filho pródigo de metáfora, nesta 'prancha' que se inicia.
Não estou de Serviço; portanto, não é por não ser Maçon que não ponho o Avental! É que não percebendo nada de cozinha, não vejo razão para utilizar semelhante adereço ...na espécie de cozinhado que se segue: Li, em tempos, que o Dr. Soares não se deu bem com os (e os dos) aventais, por isso, ao contrário do que se tem vindo a afirmar que é Maçon, não foi tal! porque aquele senhor que na vida foi tudo o que quis ser, falhou o alvo de ser Mestre, ou até Grão,
(lá vem um termo de culinária), quando, ali, começa tudo por 'soldado' raso, que é como quem diz, APRENDIZ! e, ele, que não usa avental para nada, nem na arte de
marcenaria, ou profissão de talhante, (já viram como os aventais abundam?)gostaria de ser Maçon, porque sim! porque é ser-se republicano! Ora, não sei se Gomes Freire de Andrade era republicano ou monárquico ... Sei lá! andou a soldo dos franceses... se calhar estava já enquinado! (...) acho estes trilhos da Maçonaria perigosos tanto para os que acham esoterismo nisso, como
para os que perfilham atalhos, numa perspectiva traficante de influências! Se fossem positivas, tudo bem! o pior é que, tal como o Comunismo, com os seus floreados
filosóficos lindos de morrer no papel, acabaram desgraçadamente nos Gulags
de triste memória histórica; o General atrás citado foi cilindrado por tudo o que
ao mundo a escumalha pariu ... e, solidário com isto, tentei perceber por que é que
se ataviam para estarem de serviço nos ritos sem qualquer espiritualidade que se veja ou emane dos facies dos que se julgam secretos, ou discretos!? serão assim tão rudemente profanos só para disfarçar?
Boas figuras uns, outros menos, apresentam-se por aí (sempre na política e nos negócios - mas não são profanos!), à rasquinha para que se divulgue serem Maçons, mas não 'querem' que se saiba! Ao menos, nos U.S.A. aquilo é um autêntico Carnaval público, enquanto cá, é um 'baile' de máscaras privado ...
Não sei se afirmação correcta de um jornal: O PGR é Maçon? Aquilo? ... Quando detestamos uma corrente de ideias, gostaríamos de ter adversários à maneira! Mas, para detestar a Maçonaria temos de ter pela frente gente que só o Poder é que nos pode intimidar? Oh Dr. Soares! porque não quis ser aprendiz, iniciado, companheiro etc.?

Hoje, seria um vulto Maçónico de categoria para lhe malhar com gosto, pois, sobre si, vale a pena bater! Ou, quiçá, acreditar ... porque não? Mas, quis começar por cima ...!

Faz pena olhar para maçons de certas maçonarias, como usurpadores do nome de pedreiros (e livres!), que nem para dar serventia às obras prestam! daí, o nome da arte de empalhamento -taxidermia -, para lhes dar um aspecto vivo ...

2009-02-25

PHOTOMATHON

Se bem me lembro,era assim que se chamavam às fotografias tipo passe (e não só), que
se tiravam instantâneas - à la minute - para as mais diversas aplicações: bilhete
de identidade, carta de condução, escola, etc.

Estava para 'rotular' este texto com uma palavra incomum, apenas para chamar a atenção: "Jactância". Esta seria a anti-expressão a dar, pois, referindo a nesta
data, hora e lugar (BLOGUE) estar a inserir uma foto a ilustrar este veículo
de comunicação, poder-se-ia pensar que se publica a cara por ostentação! mas, de quê?

Também pensei chamar ao texto: "Aparição"! Porquê? porque estava muito concentrado a
tentar instalar um relógio para ilustrar o cabeçalho do texto, quando, eis senão, ao
ir vêr o resultado apareceu a minha cara de óculos escuros no lugar do mostrador do
relógio! Coisas da informática e da minha inexperiência ! Agora que já está, aqui fica, à revelia do meu conceito anti Pedro Abrunhosa ...(só por causa de esconder a cara). Pronto! ao menos não sou mais
criticado por dar apenas o nome! fica algum fantasma de mim! Um pequeno pseudónimo de fotogenia se assim se puder chamar. E se não se puder chamar, que não se chame! Mas, o senhor Coronel (não vou citar o nome) que no seu Blogue critica (e bem) quem se refugia no anonimato, ficará mais informado àcerca das minhas feições,
muito embora mascaradas pelos RayBan; mas olhe que não foi por cobardia, aconteceu! noutra oportunidade aparecerei de forma mais ataviada. Prometo.

Esta de querer um relógio e aparecer a minha cara é de cabo de esquadra! É evidente
que também já demonstro antiguidade, tal e qual o mostrador gasto de qualquer máquina do tempo! e, para que se não diga que estou de óculos para disfarçar, já que estou na vez do relógio, então, as lentes que sejam vistas como o vidro protector.

Bom, deixemo-nos de "grelos" e vou justificar:
Testemunhas de que ando 'à nora' para meter um relógio no blog:
1a. Da Serra
2a. dRAMOs
3a. O facto de em vez de as "Horas", estarem a vêr a minha "Fuça"

Já agora, em vez de algum Comentário menos abonatório, poderia alguém explicar como
inserir um relógiozinho no blogue para enfeitá-lo? Ficava giro,e, ficava com a noção do tempo que gasto a dizer tanta asneira! (...)não acham? ...

2009-02-23

A CRISE NACIONAL DE 1383 - 1385

D.JoãoI jogava tudo por tudo nesta crise. Curiosa a posição do novo Rei. Assim,não
hesitou seguir o conselho cínico do velho político Álvaro Pais (que não era engenheiro nem doutor): «dai daquilo que vosso não é e prometei o que não tendes e perdoai a quem vos não errou...» (Fernão Lopes, I, cap.27)
Foi este Rei, chefe revolucionário, que encontramos nas Cortes a prometer o que não
poderia cumprir. Porém, a aclamação (quiçá a maioria) deu-lhe um novo sentido da dignidade do Poder e, por isso, pela primeira vez desde o fim de 1383, já resiste às pressões populares quando se trata de concessões que possam comprometer a sua autoridade futura. Até dá
'gosto' como tudo aquilo já era 'actual'! Parece cena do filme "Regresso ao Futuro".
Ora bem, ainda dizem que a História não se repete coisa nenhuma! Então era preciso que os nomes também fossem os mesmos? Ora bolas que a Cartilha só tem outra encadernação, e o texto só muda consoante o Acordo Ortográfico ...

2009-02-20

BANDARRA

« Não foi santo nem herói,
Mas Deus sagrou com Seu Sinal
Este, cujo coração foi
Não português mas Portugal»

(F.Pessoa, «Mensagem»)

« PROFECIAS »
«Nenhum livro se proibiu tantas vezes.
E todavia nunca foi raro. A fé dos crentes
prevaleceu ao temor das penas.»
(Lúcio d'Azevedo)

Ainda Fernando Pessoa:
«O Futuro de Portugal - que não calculo,
mas sei - está escrito nas Trovas do Bandarra,
e também nas quadras de Nostradamus. Esse futuro é
SERMOS TUDO».

Ninguém é profeta na sua terra, afirma o Povo; porém,
desta feita, Gonçalo Annes, o Bandarra foi, e com tal fama
que dura até aos nossos dias. Muito embora haja o propósito
de o "apagar" espiritual e editorialmente ... afinal, quem
é que ainda hoje, tem medo do SAPATEIRO de TRANCOSO?
C.R.

2009-02-18

Em fim, quando m'alevanto,
ou hei-de morrer d'espanto,
ou, se não m'espanto, mato.

Citando, SÁ de MIRANDA

RESSURREIÇÃO

" VERBA VOLANT, SCRIPTA MANENT"
(as palavras voam, os escritos ficam)

Acompanhem-me nesta progressão caminhante no alfobre sem pisarem os bacelos dispostos
e verão que o canteiro mantém a terra fresca, plantada, esperando em breve continuar a
marcha da Cultura da terra (agricultura ou ingrícula). Atenção ao estrume, pois aqui
tudo é biológico, e se repararem bem no muro circundante que é afinal este BLOG, lá está (não, não pisar as plantas) que a vida continua, ninguém matou o dito cujo, simplesmente regressou à estaca Zero por um fortuito erro de mão que determinou a Eutanásia dos textos que lá estavam, deitando a perder o último que queríamos publicar e desapareceu devido a qualquer sortilégio que a informática deve saber, mas
a razão da minha inépcia desconhece.
Oh! DA SERRA ... ajuda este pobre espaço agrícola a safar-se das ervas daninhas da ignorância, pois em breve o 'estro' do camponês não vai aproveitar nem mais uma semente que seja para que memória futura venha a saber que algo se pretendeu criar na maior boa fé que a Mãe Natureza pariu ...

2009-02-16

" VERBA VOLANT, SCRIPTA MANENT"
(as palavras voam, os escritos ficam)