[ Vox populi vox Dei ]

2011-02-09

« 50 ANOS COM... OS BEATLES »

 AS  IMAGENS  DISPENSAM  IDENTIFICAÇÕES





Foto Histórica





A estreia ao vivo dos Beatles foi há precisamente 50 anos, no dia 9 de Fevereiro de 1961.

O concerto teve lugar no The Cavern Club, na sua cidade natal de Liverpool.

Na altura, os Beatles ainda tinham Pete Best na bateria (o baterista viria a sair mais tarde nesse ano dando lugar a Ringo Starr). Desde esse momento, os Fab Four deram mais 292 concertos no pequeno palco do clube de Liverpool. O último teve lugar em 1963.

O espectáculo de 9 de Fevereiro de 1961 foi visto por cerca de 30 pessoas. Entre elas, estava Alex McKechnie, um moço de recados de 16 anos, que é hoje em dia o director do festival da Matthew Street (a rua do Cavern): «havia atmosfera rock mas não estava muito cheio. 

Foram bastante sarcásticos, sempre a mandar piadas e bocas. Contavam os tempos das canções batendo com os tacões no chão - criaram imenso entusiasmo na sala. Eram diferentes de qualquer outra banda no circuito», disse McKechnie em entrevista ao Guardian

Em declarações à BBC, o sortudo assistente confessa que «deixou de ouvir os Beatles assim que eles ganharam fama, mas que naquela altura eles tinham o pacote completo. 

Não tinham um, mas dois grandes vocalistas. Acertavam sempre nas melodias. Provavelmente não podiam pagar dois microfones, por isso quando um cantava a voz principal os outros partilhavam o outro microfone o que se tornou muito carismático e era engraçado de ver. Tinham muita camaradagem».

O alinhamento do concerto foi composto por covers de clássicos do rock assinados por Chuck Berry, Little Richard e The Everly Brothers, entre outros. Só mais tarde é que o quarteto começou a tocar as canções que mudariam a história da música. «Eles também tocavam os mesmos standards que as outras bandas mas eram diferentes porque faziam acordes complicados, que mais ninguém fazia. Eram mais aventurosos. Gostei sobretudo da atitude deles em relação ao público. Foram tão irreverentes. Acho mesmo que poderiam ser considerados a primeira banda punk», acrescenta McKechnie.

O bar da Matthew Street foi demolido nos anos 70, mas uma réplica do clube, nas imediações, vai celebrar os 50 anos sobre o histórico concerto com um dia inteiro dedicado ao legado dos Beatles. 

Entre as actividades programadas, está um memorial na forma de um tecto com lâmpadas chamado 'Lucy In the Sky With Diamonds', colocado ao longo de toda a rua.





Sem comentários: