[ Vox populi vox Dei ]

2010-08-28

« FROM RUSSIA... WITH LOVE... AND ART ! »

Auto-retrato [1914] do pintor russo
Marc Chagall
nascido em Vitebsk
e
falecido na França
em Saint Paul de Vence
.

Marc Chagall - talentoso pintor
(1887 - 1985)
tem neste Blogue expostos na Sidebar
diversos vitrais
idênticos ao de baixo
.



Vitral da sua autoria
.
Quadro a óleo
"As Três Velas"
.


Os quadros de Marc Chagall, irreais e cheios de enlevo, são um cântico de alegria
um sedutor Hino à Vida
(...)

.


O estilo romântico e alegórico é típico de Marc Chagall. As suas obras são visões místicas e sonhadoras, repletas de símbolos e referências à educação judaica tradicional que Chagall recebeu na Rússia. A natureza da grande maioria das suas obras é indefinível, enigmática, remetendo para o mundo dos sonhos e do subconsciente.
.
Tendo vivido em Paris entre 1910 e 1914, foi inicialmente influenciado pelo Cubismo, mas manteve um estilo único, desafiando a categorização da sua obra em qualquer movimento artístico.
.
Foi um artista incrivelmente prolífero e talentoso, produzindo vitrais, mosaicos, tapeçarias e cenários, além da sua extensa obra de pintura.

Nu... sobre a aldeia natal de Vitebsk, na Bielorrússia
(1933)
.

Óleo intitulado «O Negociante de Gado»
(1912)
Museu de Arte Moderna de São Paulo
BRASIL

.

«A Crucificação Branca»
(1938)
Fase do artista representando Paris invadida pelos nazis
as tristezas da guerra e a fuga para os EUA


.
Na impossibilidade de mostrar uma Galeria condigna de Marc Chagall, anexo o vídeo seguinte que, de forma inédita, dará a ideia da prolífica obra deste pintor russo:

.

.

.
(... ) Um incidente casual na juventude modificou a vida do famoso artista moderno, Marc Chagall, e alterou todo o sentido da sua obra de arte, que é incomparável.
.
Na aldeia de Vitebsk, na Bielorrússia, onde nasceu em 1887, estava ele de visita a um amigo. Bateram à porta e ouviu-se a voz de uma jovem. " Era chilreante como a de um pássaro, como uma voz de outro mundo." Não viu a jovem naquela ocasião. Mais tarde, porém, quando conheceu Bella, sentiu-se imediatamente atraído. "O seu primeiro olhar penetrou no íntimo do meu ser", disse ele. " Senti que sempre a tinha conhecido - na minha infância, vida presente e futura também. Naquele preciso instante, compreendi, é esta a minha mulher".
.
Daí por diante, quase todos os quadros pintados por Chagall eram "quadros de amor", um hino de louvor à mulher e à maternidade. À primeira vista, esses quadros poderiam parecer de uma fantasia incrível. Amantes extasiados, de cabeça para baixo, flutuam pelos ares, aninham-se em árvores. Outras criaturas andam em volta, fazendo ressoar trombetas, ou sentam-se no alto de telhados, tocando violinos. Pássaros, quadrúpedes e até peixes associam-se ao cântico!
.
Quadros desta natureza nunca haviam sido vistos anteriormente. Bella identificou neles as imagens do êxtase de Chagall. Reconheceu também que, apesar dos ombros largos e da compleição musculosa, aquela criatura de cabelos pretos anelados e olhos de um azul arrebatador era um poeta inspirado.
.
No princípio do século, Marc Chagall era um joão-ninguém sem instrução, num gueto de Vitebsk. O pai mourejava num depósito de arenques. A mãe ajudava a sustentar a família com uma pequena venda de negócio. Tanto a família dele como a de Bella opunham-se ao casamento. Um pintor sem vintém, e além de tudo um "modernista exótico", como poderia sustentá-la?
.
Decidido a ganhar dinheiro suficiente com a sua pintura, para poder casar com ela, partiu da Rússia, em 1910, para o centro artístico do mundo - Paris! Aí, pintando quadros poéticos do seu amor por Bella, começou a lutar para conseguir uma situação.
.
No momento em que os recursos permitiram, Chagall voltou para a Rússia e casou-se com Bella. Alguns dias depois do casamento, estoirou a 1ª Guerra Mundial, obrigando-os a permanecer na Rússia. Seguiu-se a Revolução; depois, os comunistas, que tentaram desviar os talentos de Chagall para fins políticos; como não conseguiram, relegaram-no ao ostracismo. Daí por diante, Marc e Bella Chagall chegaram a viver muitas vezes à míngua numa miséria extrema.
.
Em 1923 puderam voltar a Paris e lá souberam que Chagall se tornara famoso. Quadros que ele deixara com amigos para serem expostos na Holanda e na Alemanha haviam sido vendidos e estavam a ser elogiados pelos críticos de muitos países. Chagall instalou um estúdio e começou a pintar de novo - quadros exultantes, que rapidamente encontraram compradores. Pela primeira vez soube o que era ter uma casa confortável e o luxo de alguns francos de sobra para obsequiar a mulher.
.
Todos os detalhes desses quadros reflectem felicidade. Focam geralmente um homem com uma mulher nos braços, ou uma mulher aconchegando uma criança ao seio. As cores adquirem tonalidades de arco-íris. Flores exóticas irrompem das árvores; um cavalo toca violino; o ovo de uma galinha jaz num ninho de ouro; uma vaca salta o telhado de uma casa de campo.
.
Chagal irritava-se quando alguém chamava a esses quadros de fantasias ou contos de fadas. Dizia ele: " O mundo interior é talvez mais real do que o mundo visível." A vaca que salta, o cavalo que toca violino, a galinha fértil representam o sonho milenar do homem, de felicidade doméstica. Quando se choca um ovo, pode-se ganhar outra galinha e depois um quintal cheio de frangos! Quando se tem uma vaca, tem-se dinheiro suficiente para constituir família. Quando se tem um cavalo para ajudar a arar, tem-se tempo para momentos ociosos e despreocupados com a mulher e a família.
.
Os Chagalls estavam ainda em Paris quando a cidade foi invadida, na IIª Guerra Mundial. Fugiram para os Rstados Unidos da América. Os seus episódios de felicidade começaram a intervalar com imagens profundas de Crucificação e das tristezas da guerra.
.
De repente, em 1944, a sua mulher caíu doente e morreu, deixando-o afundado em abismos de dor. Porém, com o tempo... recomeçou a pintar.
.
Acabou voltando para a França, onde se casou novamente, e voltou a pintar as cenas alegres do seu mundo colorido que desafiavam as leis da gravidade.
.
Recomeçou também um trabalho monumental que iniciara trinta anos antes: as águas fortes para ilustrar a "Bíblia", que lhe haviam sido encomendadas pelo "marchand" de quadros francês, Ambroise Vollard.
.
Durante a ocupação alemã, um artífice devotado escondera as matrizes que Chagall terminara. O artista recomeçou então o trabalho paciente e preciso do água-fortista. Ao gravador, exortava: "É preciso que cantem, que chorem; é a Bíblia!"
.
Quando o grande livro foi publicado em 1956, o trabalho de Chagall não fez apenas colocá-lo entre os primeiros gravadores do mundo; revelou o seu profundo amor pelo divino!
.
Foi pintor das alegrias de todo o homem e mulher apaixonados, "a eterna juventude da humanidade..."
.
Ao fim da vida, porém, a sua arte tornou-se mais profunda e mais forte ... um Hino à própria Vida!

5 comentários:

Graça Pereira disse...

Gosto da obra de Chagall...os quadros que conheço, fazem-me lembrar uma noite de sonhos...na madrugada seguinte colocou na tela, tudo que envolvera o seu sub-consciente...o amor, as cenas do quotidiano...a vida e penso que muito da sua alegria.
Apreciei a história da sua vida do modo como aqui foi narrada....
Este é um blog onde se aprende muito e fico feliz por isso.
Beijo e bom Domingo.
Graça

Luisa disse...

Explosão de cores e de formas. Adoro pintura.

Mais um bom post, é sempre bom ler-te.

relogio.de.corda disse...

O vídeo que mostra aqui é muito interessante.
Quase todos os grandes pintores tiveram vidas indignas da sua condição de artista, mas a vida de artista, era assim mesmo. Uma vida repleta de incertezas e de muita miséria. Porventura, foram muito poucos, os pintores famosos que se tornaram ricos à conta dos seus quadros. Este Chagall, não fugiu à regra.

São disse...

Eis um artista que me agrada imenso.

E também me agradou muito o que vi da Rússia.

Um abraço.

Anónimo disse...

Seems to [b][url=http://pradaoutlet.hidear.org/#44341]プラダ 長財布[/url][/b]
spoil to the nowadays manner[b][url=http://bestshopping.hidear.org/#44441]プラダ 財布[/url][/b]
"dissemble fur" thriving [b][url=http://pradaoutlet.hidear.org/#44381]プラダ 財布[/url][/b]
inclined, this [b][url=http://pradas.hidear.org/#44451]グッチ マフラー[/url][/b]
coalition of hand-made Teddy Brook Tricks strap, the paramount substantive[b][url=http://prada.hidear.org/#44511]プラダ 長財布[/url][/b]
simulation fur and leather recycling. Tricks wearing overwhelming, braids excitable, amphibole and Caizhu of award is reminiscent [b][url=http://prada.hidear.org/#44391]プラダ 財布 新作[/url][/b]
of the ruffian era. Their neck,[b][url=http://prada.hidear.org/#44391]プラダ 財布 新作[/url][/b]
usurp and foot of each joint can be match, and absorbed of fun. Media published [b][url=http://prada.hidear.org/#44351]プラダ 財布[/url][/b]
deflate payment of $ 195.