[ Vox populi vox Dei ]

2010-01-08

POR ÁGUA ABAIXO...




.
Corri blogues, calcorreei comentários... sinto um clima de que me apetece despedir...! As coisas, as palavras, têm cheiro a oco!... por aqui... por ali... tudo parece água corrente, insalubre... rio abaixo... rumo ao Mar (...)
.
«TANTO, TANTA... POUCO, NADA...»
.
Tanta água tanta
água
Tejo acima
Tejo abaixo
Tanta mágoa tanta
mágoa
peito acima
peito abaixo
.
Tanta doca tanta
seca
sem barcos acima
nem barcos abaixo
Tanto homem tanto
homem
seco de água
já sem lágrimas
.
Tanta água tanta
retida
à espera de barcos
Tanta fome tanta
retida
à espera de pão
.
Tantos meses tantos
meses
sem ganhar o pão
Tantos filhos tantos
filhos
minguando à fome
.
Tanta traição tanta
traição
comandada por cima
sofrida por baixo
Tanta aflição tanta
aflição
ignorada por cima
calada por baixo
.
Tanta vontade tanta
vontade
de pôr fim à vida
desprezada por cima
Tanta luta tanta
luta
pelo pão pela vida
forjada em baixo
.
Tantas mãos tantas
mãos
unidas cerradas
Tantos braços tantos
braços
erguidos bandeiras
.
Tanta bandeira tanta
bandeira
negra de fome
vermelha de luta
Tanta certeza tanta
certeza
de justo amanhã
de justo castigo
para quem de cima
espezinha os de baixo
esquecidos que em baixo
sem esforço de cima
é que andam os homens
fazendo o futuro
da doca da Vida.

.Legenda:

- Foto: escolhida na Net

- O resto: é fruto da vida


6 comentários:

Luisa Moreira disse...

Porquê César?

Tanta mágoa tanta
mágoa
peito acima
peito abaixo
.

Abraços
Luisa

Guto disse...

Tantos milênios tantos
Milênios
E as coisas Não Mudam os rumos mesmo.
Lutas de classe classe m lutas.
Motivos para festejas, motivos para prantear.

César Ramos disse...

Guto,

Prazer em receber sua sintonia!
Você bem semeia mensagens de Paz e Amor... mas, os piores cegos
são os que
não querem
mesmo ver...!
Desde há milênios... e,
até quando?
Até quando, festejarão...
ou, prantearão...

Um abraço irmão

César

Zoe disse...

pergunto o mesmo que a Luísa: porquê tanta mágoa?
zoe

César Ramos disse...

(...)

estarão com a razão: porquê tanta mágoa, e... para quê?
Sozinho não conseguirei melhorar o Mundo; está assim, de sempre, desde há milénios,
como Guto disse.

César

César Ramos disse...

(...)

estarão com a razão: porquê tanta mágoa, e... para quê?
Sozinho não conseguirei melhorar o Mundo; está assim, de sempre, desde há milénios,
como Guto disse.

César