[ Vox populi vox Dei ]

2009-09-11

« ESTRELAS de BAMBU »






.

A Bandeira da República Popular da China foi adoptada em 27 de Setembro de 1949. A cor predominante é a vermelha, que simboliza a revolução e o Partido Comunista da China - que tomou o poder na guerra civil que se desencadeou a seguir ao fim da II Guerra Mundial - e a cor amarela das estrelas é para destacar a claridade da terra vermelha. Tem cinco estrelas no canto superior direito, representando a maior o Partido Comunista da China, e as outras quatro, o Povo chinês.
.
A relação entre as estrelas, significa a União Popular sob o comando do PCC. Numa sociedade sem classes, as quatro pequenas estrelas 'pretendem' representar os trabalhadores, os camponeses, os burgueses e os patriotas capitalistas. De estranhar este entendimento, na medida em que camponeses são simultâneamente trabalhadores, e os burgueses e capitalistas, mesmo patriotas, não encaixam na filosofia marxista-leninista e estalinista! Outra versão, leva-nos à explicativa sugestão de as tais estrelinhas simbolizarem as quatro regiões administrativas: Hong Kong, Macau, Tibete e Taiwan (Formosa).
.
Julgamos lembrar-nos desta bandeira dos herdeiros dos Mandarins, desde sempre, com aquela 'constelação' implantada sobre o vermelho revolucionário; não se percebem as deduções 'heráldicas', tanto mais que Taiwan - ainda de fora - é para eles, o mesmo que a cidade de Olivença é para nós!
.
O post «Sete meses Online», recentemente publicado, recordou a nossa posição em termos de Defesa dos Direitos Humanos, reiterando outra postagem, a de Abril p.p., intitulada «Despertar Chinês», solidarizando-se com o nosso compatriota macaense Sr. Lau Fat Wai, de 49 anos de idade, titular de Bilhete de Identidade português, e preso por ter sido detectado com alegada quantidade de estupefacientes e arma de fogo ilegal em seu poder, pelo que, a Justiça chinesa lhe determinou a pena de morte, em consequência daquelas circunstâncias!... O Ministro Alberto Costa, casualmente em Macau, desencadeou mecanismos para ir em socorro daquele nosso concidadão. Até à presente data, nunca mais tivemos notícia da evolução daquele caso, desconhecendo se alguma das estrelas da Bandeira rubra se 'lembrou' de proteger Lau Fat Wai.
.
As disposições legais da Justiça chinesa ditam que não aceitam dupla nacionalidade de alguém que seja de «étnia» chinesa, posto que, naquelas instâncias, um chinês é sempre chinês!É duro saber tudo isto, não só pela inflexibilidade como pela auto-denominação racista que faz recordar fantasmas antigos, reaccionários, em que se denominava a China como o perigo amarelo!
.
Então,... nos "SETE MESES...", mostrou-se o Álbum de 'família' com o primeiro post, tímido, a dizer em latim que as palavras voam e os escritos ficam [Verba volant, scripta manent], e um vídeo a ilustrar a decoração existente e em 'movimento', na altura, destacando o ar embandeirado com os pavilhões de Portugal, União Europeia e das Nações Unidas... engano!... e porque, ...
.
Saíu o filme trocado,... pois o vídeo então publicado é mais recente, muito embora apresente resultados das operações das sementeiras e transplantações deste canteiro de [agri]cultura generalizada.
.
Esta postagem apresenta aqui e agora o vídeo certo e correspondente às bandeiras que o Blogue
tinha,... e viu trocadas pela bandeira da China comunista. Deixemos apenas a estranheza,... e o reparo,... pois as conclusões ficam para os técnicos deduzirem... e acharem, ou não, coincidências no assunto!... coisas de pouca monta!...
.
Saíu do blog,... entre outras,... a bandeira de Portugal!... e,... o que deduzir, após vê-la substituída pela bandeira chinesa, na sequência de mostrarmos publicamente o nosso sentido crítico à forma como aplicam e gerem a justiça? ... uma coincidência!... uma "chinesice" nossa!
.
Não temos pruridos com bandeiras, nem com ideologias de nenhum carácter pró-democrático!
.
A prova é que, sem hesitação, içámos a Bandeira da República Popular da China! Não achamos que o Povo chinês seja uma «étnia»... apreciamos que a cortina de bambu esteja a ser desmontada, e é bom, ver nascer a esperança num firmamento estrelado de amarelo, em céu vermelho de Sol Nascente !
.
O entendimento generalizado e definitivo é muito simples: é só traduzir os Direitos Humanos em Chinês, e aplicá-los! (...)
.
E,... dizermos em uníssono: abaixo a 'cortina' de bambu!...
.
E, ... Vivam as
Estrelas de Bambu! (...)

1 comentário:

relogio.de.corda disse...

"O entendimento generalizado e definitivo é muito simples: é só traduzir os Direitos Humanos em Chinês, e aplicá-los! (...)
.
E,... dizermos em uníssono: abaixo a 'cortina' de bambu!...
.
E, ... Vivam as
Estrelas de Bambu! (...)"
Resumindo e concluindo,isto vai para além das chinesices.