[ Vox populi vox Dei ]

2009-06-26

UM AMERICANO EM ROMA





O Filme «Um Americano em Roma» ficou como referência Histórica do Cinema Italiano.

Comédia inesquecível dirigida pelo Realizador Steno, no ano de 1954, conjuga comicidade e afiada sátira de costumes. No Pós-Segunda Guerra Mundial, a Itália renasce com capital americano, e a imagem da força, riqueza e liberdade dos norte americanos que desembarcaram na Itália no final da guerra, permanecerão por gerações na mente dos italianos, definindo um novo 'perfil' para os costumes do país contextualizando hábitos importados por Roma: roupas, músicas, gestos, baseball, comida,... e, muitos anos depois,... o votar em gente como Berlusconi.

O controverso Papa Pio XII [Hitler's Pop - de John Cornwell], Pontífice durante a II Grande Guerra, é lembrado pela aversão exacerbada por moscas! Passeava pelos jardins do Vaticano com um insecticida numa das mãos e um mata-moscas na outra à caça dos perturbadores insectos ...

Há cerca de quatro anos, George Bush considerou Bento XVI um homem de "grande sabedoria e cultura"... aliás, parece que o então Cardeal Ratzinger ajudou Bush, um protestante fundamentalista, a vencer as eleições contra um Senador Católico!,... meses depois, George Bush consolidaria a aliança da Santa Sé com a Casa Branca [nada de estranho, considerando que para além dos seus 'credos' são Chefes de Estado].

O Papa Bento XVI vai receber Barack Obama no Vaticano no próximo dia 10 de Julho.

O Presidente dos EUA estará em Itália para participar na cimeira do G8, em L'Aquila [cidade mártir do recente terramoto] e, Ratzinger, figura 'flexível', contrariará os seus hábitos dogmáticos e arranjará espaço na Agenda para a hora que melhor convier ao Senhor Presidente...

Obama, cujo apoio ao direito ao aborto e às pesquisas com células tronco embrionárias é criticado pela Igreja Católica, tem em 'carteira' "discutir uma série de questões, incluindo a crença compartilhada na dignidade de todas as pessoas" [conversa da treta]... isto em conformidade com um porta voz da Casa Branca.

A primeira dama, Michele Obama, vai acompanhar o presidente na visita. Realce-se que, os dois são protestantes!... o que significa que não é dos seus hábitos religiosos a... 'Confissão! portanto, ali ninguém se confessa e, o mais provável é Obama nem sequer fazer referência ao episódio que o 'notabilizou' e tornou Alma Gémea do Papa Pio XII,... que também não gramava as moscas.

A Super-Especial e bem treinada Guarda Suíssa, lá estará nos seus postos, tal e qual a "Guarda Pretoriana" dos tempos de César Augusto, salvaguardando-se as devidas 'distâncias'...

Vamos fazer votos para que desta feita não sejam necessárias habilidades de caça por parte de Obama, uma vez que as moscas há muito que lá estarão 'escaldadas' desde o tempo do antigo inquilino, o Santo Padre Pacelli, que tem um processo em curso, não pelos insectos, mas de beatificação...

Adequado ao meio ambiente local, os nossos receios vão para a possibilidade iminente de aparecer outra espécie de bichinho que interrompa a audiência com Ratzinger,... e assuste a Primeira Dama:

[como reagirá o enérgico e eficiente Obama?]

Olhem bem se por ali aparece,
(...)uma rata de
sacristia?...

1 comentário:

Zulu Mike disse...

Há muitos anos, vi em Nova Yorque, numa daquelas lojas de recordações para turistas, uma camisola, vulgo t-shirt, com o seguinte desenho: Uma enorme poia e à sua volta e pousadas na dita poia, muitas, muitas moscas.
A legenda era a seguinte, traduzida para português: Coma merda, 800 triliões de moscas não podem estar enganadas!
Ora pelo escrito no blogue, as moscas não estão mesmo enganadas!!!