[ Vox populi vox Dei ]

2009-06-19

PROTECTORA dos ANIMAIS








POR RESPEITO PARA COM OS ANIMAIS

«A pouco e pouco, mas com a segurança própria das grandes decisões, vários autarcas no nosso País decidiram não autorizar a construção, ou reabilitação, de praças de touros.»

Conforme várias démarches que têm sido feitas através deste jornal [O ZOÓFILO] e de outras instituições, começam-se a ver resultados do trabalho desenvolvido.

Desde a Figueira da Foz e Sabugal, para Norte, já só existe uma praça de touros na Póvoa do Varzim e em Baião há um terreno, onde esporadicamente se fazem touradas em praça desmontável. Verifica-se, assim, que vários Concelhos do país têm vindo a proibir os maus tratos e sacrifício dos animais para divertimento dos humanos sem coração.

As touradas não vão voltar a Cascais, disse o Presidente da Câmara local. O Município junta-se assim, a Viana do Castelo e Braga, onde as corridas também já foram proibidas.

"Não tenciono construir uma nova praça de touros, nem autorizar espectáculos com animais em estruturas desmontáveis", disse António Capucho.

Também em Sintra, a Assembleia Municipal decidiu proibir, na reunião do passado dia 23 de Abril, este tipo de espectáculos, no seguimento da aprovação do Regulamento daAnimais de Sintra.

Esta decisão teve os votos favoráveis do Bloco de Esquerda e da maioria do PS e da coligação "Mais Sintra". A CDU e alguns deputados do PS e da coligação, votaram contra.

[Transcrição integral do artigo intitulado "Por respeito para com os animais", do Jornal «O ZOÓFILO» - Orgão da Sociedade Protectora dos Animais - nº43 -3ªSérie de ABRIL/JUNHO 2009]

2 comentários:

César Ramos disse...

AO MENOS,... HAJA ALGUÉM QUE DIGA:

«VIVA A PROTECTORA DOS ANIMAIS!»

e que se fique ciente de que qualquer acto violento para com um Animal, é Crime contra a Humanidade!...

dRAMOs disse...

Deviam proíbir todas as touradas, já agora, também as caçadas porque a única diferença é só na rapidez da morte.