[ Vox populi vox Dei ]

2009-06-24

LINCHAMENTO SIMPLEX


video

Linchamento é o processo sumário de condenação à morte origináro dos Estados Unidos da América e conhecido como "lei de Lynch".

Tenho ouvido a opinião de quem critique o Presidente da América ter morto uma mosca em plena entrevista televisiva, não por ser Obama a matar uma mosca em directo, mas por uma mosca ter tido direito a uma audiência universal!... e acrescentam: " Então e a fome, o tráfico de pessoas, os refugiados, exploração infantil...? Nah, isso é assunto para sentimentalistas maricas, porque falar de moscas é que é,... e tem impacte!"(...)

Há a notar que tudo na vida tem direito ao seu lugar e, lá porque um insecto parece ser algo insignificante, temos o exemplo dos Budistas que defendem toda e qualquer espécie de vida, mesmo a dos seus carcereiros comunistas vermelhos, não se justificava o 'linchamento' com 'requintes' de 'malvadez', aplausos incluídos...

Os Insectos são os habitantes mais antigos do Planeta e, até com base nos códigos jurídicos inventados pelo Homem, são 'beneficiados' por uma Lei chamada de Usucapião
[posse pacífica e contínua de propriedade].

Pessoalmente, nas minhas deslocações pedonais jamais piso qualquer bichinho que seja, chegando mesmo a desviar-me; e,... não sou Budista, nem Xerife defensor dos fracos, diminutos e oprimidos...

Assim, quando o Mundo desatou a aplaudir de pé a atitude do Presidente da América pela proeza de eliminar aquela filha da natureza que o estaria a incomodar, vi nesse acto, a extensão daquilo que nos Estados Unidos ainda aceitam como natural que é a Pena de Morte. Como Português, entre muitos "orgulhos", tenho a Vaidade de tal "castigo" há muito ter sido banido do nosso sistema judicial.

Desde que a Televisão Portuguesa apareceu, durante muitos anos e bons, fosse em entrevistas, ou telejornais, tivemos a presença quase constante de uma mosca que andava pelos Estúdios a passear pela cara das pessoas, obrigando-as a contorcionismos para a afastar, nunca se tendo verificado qualquer gesto das suas importunadas vítimas no sentido de a eliminarem, com o litigante e pretenso direito à legítima defesa. E foram muitas, as destacadas figuras de alto grau social que sofreram comichões oferecidas pela nossa estimada «MOSCA da TELEVISÃO».

Talvez porque não somos assim um povo tão guerreiro, talvez porque somos um povo que respeita a vida e não anda a alçar a pata por tudo e por nada, talvez porque estava enraízado no espírito português não andar a fazer números de Circo de forma gratuita e, não estarmos habituados a fazer justiça pelas nossas próprias mãos.

Não é que a História não nos tivesse pregado partidas: Pina Manique, por exemplo, foi o inventor de uma Organização de Espiões com autoridade despótica, cujos Agentes eram denominados "Moscas"! Criaram 'larvas' e deram origem a todo o tipo de polícias políticas que lhes sucederam como herdeiras!...justificar-se-ia bastante que, em directo na Televisão, por cá se abatessem todo e qualquer tipo de moscas, não estivessem elas na linha directa das "pandémicas" viroses criadas pelo poderoso Intendente!

Tenho lido e ouvido muita matéria versando sobre a peripécia do Senhor Barack Obama e, como qualquer porcaria que se preze, tem atraído muito mais moscas... umas acertando mais do que outras na "mouche"! Assim, por causa das moscas, não vou deixar de registar a preocupação de um filósofo dos nossos dias, em que diz no seu blogue que "Obama não está a fazer nada ou quase nada para travar a escalada nuclear iraniana... e... ainda, que nestas matérias,... quem faz o papel de mosca, somos todos nós..."

Tenho de facto reparado no aparato de conversa com muita dialética, muitos passeios com a família, correrias com o cãozinho e, tudo isto vai sendo muito apreciado e aplaudido, enquanto o Mundo se mantiver em Lua de Mel com o Senhor Obama!...

Era óptimo que não deixasse a sua missão "às moscas", e delegasse em alguém a 'função' de lhes 'sacudir o pó'!

No sentido de continuar a manter a fé neste Presidente,
e para tomar coragem de assim prosseguir,
despeço-me,
e vou tomar
um "Moscatel" (...)

10 comentários:

Pocahontas disse...

Epá.... eu também já matei muitas moscas e sou totalmente contra a pena de morte!!!!

César Ramos disse...

Hoje em dia, a Metáfora é a estratégia tipo banha da cobra que dá para tudo.

Just for fun... disse...

Este Obama ainda vai fazer correr muita tinta...
É o que não parece e parece o que não é!
Aguardemos...!!!
E já agora, preferia ter visto o contráro:a mosca a matar o Obama!
Just for fun...

dRAMOs disse...

Então mas queriam que ele começasse à dar festinhas à mosca?

Vinagre disse...

E foi a palhaçada dele! Fez uma festinha à mosca...

Alzira disse...

Eu gosto do Obama!

Anónimo disse...

Ó Alzira, eu prefiro um bom bife com batatas fritas.
Ah, e já agora com um ovo estrelado mal passado!

César Ramos disse...

Por enquanto, todo o mundo gosta do Obama, Alzira...

As moscas é que foram as primeiras a tomarem uma 'posição' do contra!

Kafka não era parvo!(...)

A Metamorfose, mais do que a história dum insecto, serviu de alerta à sociedade quanto aos comportamentos humanos... e ainda mais,... quando os humanos são poderosos!...

O Patriota disse...

Desculpa lá, ó César, mas eu não gosto!

César Ramos disse...

Patriota,

Estava a 'falar' com a Alzira, não estava a falar com a 'Maria da Fonte'!

Como blogger, não sou educador da classe operária... muito menos da intelectual!

Reservo-me portanto; deixo os gaviões voarem e,... com paciência esperar que poisem!

Aqui, neste 'ridículo' espaço de blog, tenho o nome e a cara à vista.

Não sou Alzira, nem qualquer 'heterónimo'
camuflado...

Portanto, não sendo 'educador' assumo de certa maneira o papel 'provocador', suscitando 'ideias'...

Tenho feito um esforço grande para acreditar no Senhor Obama!

Wait and see...