[ Vox populi vox Dei ]

2009-04-13

BANDIDOS ARMADOS

(...) Volta não volta, os Portugueses por iniciativa própria ou no cumprimento de acordos de Paz internacionais, lá andam por Mares 'já bastante navegados'... passando 'além da Taprobana', em 'perigos' e 'guerras esforçados', desta feita, de novo no OCEANO ÍNDICO a combater 'discípulos' de "Barba Negra" ou "Sir Francis Drake" [vejam lá se se definem - pois, ora lhes chamam Piratas, ora Corsários!](...)

Nos Contos Juvenis, PETER PAN lutava contra o Capitão GANCHO que não tinha outro nome senão o de PIRATA!...

Preocupa começar a assistir à 'leveza' dos nomes chamados àquela horda de PIRATAS SOMALIS [já lhes chamam corsários!].

Pois..., com o desenrolar do tempo, e a dar confiança às ameaças dos BANDIDOS ARMADOS, começar-se-à a "dourar a pílula" e, não tarda, "estaremos" a ter "dó" [realmente, tenham dó!] dos 'meninos' justiçados, e, a 'atribuirem-lhes' estatuto de "vítima" [como os da "Aeronáutica CIA" e, da espécie de 'Alcatraz' em Cuba que tem um nome estranho [Guantánamo- é assim?].

Portugal encontra-se por lá, alinhado com outros países da NATO no esforço conjunto de combater PIRATARIA que era punida com as sanções mais pesadas de qualquer Código!

Que não lhes "doam as mãos", porque a «Declaração Universal dos DIREITOS do HOMEM» foi elaborada para Humanos e não para "inventar" compreensão para 'Bestas Criminosas'!

Não venham com nomes eufemísticos de 'corsáriozinhos', 'flibusteiros', 'sequestradores', "desperados"..., 'vítimas da sociedade'..., 'incompreendidos'..., 'excluídos' (...)

... ou, começarão a nascer cúmplices [como cogumelos] em incubadouras fora das embarcações embandeiradas a «Preto & Caveira»!!

[PIRATA É 'UNO E INDIVISÍVEL' NO CIMO DO MASTRO MAIS ALTO DO NAVIO]

Em 1557, LEONEL de SOUSA comprometeu-se a ajudar o IMPERADOR de Cantão na dura luta contra os PIRATAS que aterrorizavam as autoridades e as populações.

Autorizado a instalar-se em MACAU, como Base, deu início à guerra contra a pirataria, ganhando inúmeras batalhas vencidas com valentia(...)

Naqueles tempos os portugueses tinham de contar só com o seu esforço, pois ainda não tinham sido implementados Acordos Internacionais! Dizimada a pirataria naquelas paragens do OCEANO INDICO, o Imperador da China considerou os combatentes portugueses SENHORES daquela Terra como Justa Recompensa.

Foi assim que as coisas aconteceram em Terras de Macau, também chamada Terra de Lendas ... e são muitas... e lindas as tradicionais lendas populares cheias de poesia e simplicidade (...)

Mas, a PIRATARIA no Índico não foi LENDA!

Tanto..., que ainda hoje
existe e combate-se!!
É como a tuberculose:
VOLTOU (...)

1 comentário:

O Patriota disse...

Atenção: Mas está lá uma força naval da NATO.
Mas hoje foram apresados por piratas mais 2 ou 3 navios... e que fez a tal força naval???
Nada!
Ah, esqueçia-me, é comandada por portugueses...!
Pobres portugeses do século 16, que devem andar às voltas na tumba, se souberem destes seus descendentes, mestres da incompetência...