[ Vox populi vox Dei ]

2009-02-27

TAXIDERMIA

Vamos verificar que o título em epígrafe, só com muita tolerância na Semântica ,poderá ser adoptado como filho pródigo de metáfora, nesta 'prancha' que se inicia.
Não estou de Serviço; portanto, não é por não ser Maçon que não ponho o Avental! É que não percebendo nada de cozinha, não vejo razão para utilizar semelhante adereço ...na espécie de cozinhado que se segue: Li, em tempos, que o Dr. Soares não se deu bem com os (e os dos) aventais, por isso, ao contrário do que se tem vindo a afirmar que é Maçon, não foi tal! porque aquele senhor que na vida foi tudo o que quis ser, falhou o alvo de ser Mestre, ou até Grão,
(lá vem um termo de culinária), quando, ali, começa tudo por 'soldado' raso, que é como quem diz, APRENDIZ! e, ele, que não usa avental para nada, nem na arte de
marcenaria, ou profissão de talhante, (já viram como os aventais abundam?)gostaria de ser Maçon, porque sim! porque é ser-se republicano! Ora, não sei se Gomes Freire de Andrade era republicano ou monárquico ... Sei lá! andou a soldo dos franceses... se calhar estava já enquinado! (...) acho estes trilhos da Maçonaria perigosos tanto para os que acham esoterismo nisso, como
para os que perfilham atalhos, numa perspectiva traficante de influências! Se fossem positivas, tudo bem! o pior é que, tal como o Comunismo, com os seus floreados
filosóficos lindos de morrer no papel, acabaram desgraçadamente nos Gulags
de triste memória histórica; o General atrás citado foi cilindrado por tudo o que
ao mundo a escumalha pariu ... e, solidário com isto, tentei perceber por que é que
se ataviam para estarem de serviço nos ritos sem qualquer espiritualidade que se veja ou emane dos facies dos que se julgam secretos, ou discretos!? serão assim tão rudemente profanos só para disfarçar?
Boas figuras uns, outros menos, apresentam-se por aí (sempre na política e nos negócios - mas não são profanos!), à rasquinha para que se divulgue serem Maçons, mas não 'querem' que se saiba! Ao menos, nos U.S.A. aquilo é um autêntico Carnaval público, enquanto cá, é um 'baile' de máscaras privado ...
Não sei se afirmação correcta de um jornal: O PGR é Maçon? Aquilo? ... Quando detestamos uma corrente de ideias, gostaríamos de ter adversários à maneira! Mas, para detestar a Maçonaria temos de ter pela frente gente que só o Poder é que nos pode intimidar? Oh Dr. Soares! porque não quis ser aprendiz, iniciado, companheiro etc.?

Hoje, seria um vulto Maçónico de categoria para lhe malhar com gosto, pois, sobre si, vale a pena bater! Ou, quiçá, acreditar ... porque não? Mas, quis começar por cima ...!

Faz pena olhar para maçons de certas maçonarias, como usurpadores do nome de pedreiros (e livres!), que nem para dar serventia às obras prestam! daí, o nome da arte de empalhamento -taxidermia -, para lhes dar um aspecto vivo ...

2 comentários:

César Ramos disse...

Taxidermia também podia ser a maneira de transportar a "derme" de "taxi"...
Como diria o outro à moda de despedida esotérica: PAZ PROFUNDA.
São conversas de 'buscadores', e eu ando em busca, não da Arca Perdida, mas da Palavra Passe que por qualquer sortilégio se Passou!!
Vejamos se vai dar certo, de outro modo vai ser o Funeral do Blogue que já está fartíssimo de Estágios .
CDSR

Ceszar disse...

B U S C A D O R E S

Quem procura, acha! lá foi encontrada a Palavra Passe e, por esta, se prolonga a vigência do bloguesinho baptizado Alfobre. Ele
tem um irmão gémeo com um nome também Rural! só que ainda está na incubadora, cheio de mistérios, esperando a altura de começar a "Moer" o juízo a quem lêr, ou, pelo menos a moer 'farinha' obtida dos grãos produzidos neste Viveiro
que, se espera bem peneirados através da salutar intercomunicação de ideias e ideais; isso é que eu gostava, mas... lá vou falando sózinho, cantando e rindo (pouco) ...