[ Vox populi vox Dei ]

2009-02-18

RESSURREIÇÃO

" VERBA VOLANT, SCRIPTA MANENT"
(as palavras voam, os escritos ficam)

Acompanhem-me nesta progressão caminhante no alfobre sem pisarem os bacelos dispostos
e verão que o canteiro mantém a terra fresca, plantada, esperando em breve continuar a
marcha da Cultura da terra (agricultura ou ingrícula). Atenção ao estrume, pois aqui
tudo é biológico, e se repararem bem no muro circundante que é afinal este BLOG, lá está (não, não pisar as plantas) que a vida continua, ninguém matou o dito cujo, simplesmente regressou à estaca Zero por um fortuito erro de mão que determinou a Eutanásia dos textos que lá estavam, deitando a perder o último que queríamos publicar e desapareceu devido a qualquer sortilégio que a informática deve saber, mas
a razão da minha inépcia desconhece.
Oh! DA SERRA ... ajuda este pobre espaço agrícola a safar-se das ervas daninhas da ignorância, pois em breve o 'estro' do camponês não vai aproveitar nem mais uma semente que seja para que memória futura venha a saber que algo se pretendeu criar na maior boa fé que a Mãe Natureza pariu ...

3 comentários:

Anónimo disse...

Espera-se com ansiedade que DA SERRA dê a tal mãozinha técnica (não a de reaça) Eheheh.

Algo se tem de dizer para fazer a "rodagem" ao BLOG para não empedernir! Estamos de acordo?

Cascalense disse...

Ora bem, cá estou eu.
Pois é, agora isto está diferente: pode-se insultar anónimamente o autor deste blogue, ou pode-se assinar com nome, pseudónimo ou nome de blogger...
Modernices!
Bom, tudo isto para te dizer bemvindo!
Pelo que posso ver, morreste e, qual Fénix, renasceste.
Ainda bem!

César Ramos disse...

C A S C A L E N S E
Oiga!
Me gusta mucho tu nombre! Gracias plo comentário de que neste Blogue
non aya miedos, pero todo el mundo
es libre de hablar, blogar, pseudonizar, etc.

Arriba Franco, pues, francamente nada existe de mejor que la franqueza: en "portuga" se dice:
«Máxima Liberdade,máxima responsabilidade» y también:«As acções ficam para quem as pratica»
ENTÃO NÃO SE ESTÁ A VÊR A BRONCA NA
BANCA?
Adios y un queijo Da Serra!! Eheh...